Goiaba (Psidium guajava)

ÉPOCA DE COLHEITA

DADOS FÍSICO-QUÍMICOS E APLICAÇÕES

O óleo da goiaba é rico em acido linoléico.  Na indústria cosmética, o óleo é bastante usado para desenvolver produtos para pele. O óleo é bastante nutritivo e tem propriedades calmantes. As propriedades de retenção de hidratação encontrados no óleo de goiaba são únicas, porque a goiaba é muito rica em licopeno. O licopeno é um potente antioxidante conhecido pela sua ação protetora contra tumores que danificam as células e os radicais livres. Especula-se que os vários compostos químicos presentes na planta são responsáveis pelos efeitos anti-inflamatórios. Estudos mostram que o óleo de goiaba tem uma boa atividade antimicrobiana e por causa de suas propriedades adstringentes, é um bom ingrediente para desenvolver preparações anti-acne. Também a sua ampla utilização como ingrediente ativo em muitas formulações para o cuidado da pele.

USO POPULAR

A goiaba é considerada uma super fruta por ser rico em antioxidantes, incluindo as vitaminas A e C, polifenóis e carotenóides. Contém altas quantidades de licopeno, um poderoso antioxidante que foi mostrado para neutralizar os radicais livres.

Essa fruta pode ser consumida em natura e é utilizada em diferentes produtos derivados, tais como goiabadas, doces, compotas, sucos, sorvetes e molhos salgados e agridoces.

ECOLOGIA

As goiabas originaram de México ou de América Central e foram distribuídas durante todo América tropical e região do Cararibe. Foram adotados como planta subtropical na Ásia e sul dos Estados Unidos do sul e África tropical.

REFERENCIAS

Kobori CN, Jorge N (2005). "Characterization of some seed oils from fruits for utilization of industrial residues. Ciênc Agrotec. 29 (5): 108–14. .

Apoiando Comunidades

A valorização e o manejo sustentável da floresta amazônica por nossos parceiros comunitários fortalecem a economia local e contribuem decisivamente para a preservação da floresta em pé.