1995

Criado nos subúrbios de Belém e descendente da mais típica expressão cabocla da Amazônia, Luiz Morais, formou-se em Química e Engenharia Química pela UFPA (Universidade Federal do Pará), onde também se especializou em Química de óleos e gorduras. começou a idealizar um projeto para o aproveitamento de oleaginosas amazônicas e outros produtos não madeireiros. As pesquisas feitas pelo Departamento de Química Pesquisa de Produtos Naturais da UFPA, onde passou a trabalhar, davam sustentação técnica para esta empreitada, uma vez os conhecimentos tradicionais repassados pela sua avó e sua mãe já vinham sendo investigados desde a adolescência o que fez com que o mesmo seguisse o caminho de químico. Em 1995 surge a sua primeira empresa no Amapá, para dar credibilidade ao projeto, Morais dá continuidade ao levantamento de campo de espécimes com potencial extrativista e ativos interessantes, este levantamento leva dois anos A criação da empresa no Amapá oferece ao mercado produtos de origem florestais com qualidade, quantidade e proposta de continuidade, nunca visto no mercado de cosméticos e fármacos.

2002

A empresa prospera e se muda para Ananindeua (PA) e em 2002 é negociada com um grupo empresarial paulista chamado BERACA. 2003 surge a Amazon Velas, Morais segue então como consultor para empresa BERACA.

2009

Em 2009 surge uma nova empresa chamada AmazonOil com um novo sócio, Dr. Ekkehard Gutjahr, um alemão-brasileiro que trabalhou na Floresta Amazônica para o Serviço de Desenvolvimento Alemão e como consultor em projetos agroflorestais por mais de 15 anos. Desde então, a AmazonOil ganhou destaque internacional e se focou em produtos especiais e química fina da Amazônia, atendendo aos pedidos do mercado internacional.

Apoiando Comunidades

A valorização e o manejo sustentável da floresta amazônica por nossos parceiros comunitários fortalecem a economia local e contribuem decisivamente para a preservação da floresta em pé.